Prova - UFF

9 downloads 311 Views 57KB Size Report
CIRURGIA BUCO-MAXILO-FACIAL. INSTRUÇÕES AO CANDIDATO. ✍ Além deste CADERNO, você deverá ter recebido o CARTÃO destinado às respostas ...

UFF – UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CCM – CENTRO DE CIÊNCIAS MÉDICAS HUAP – HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO

Hospital Universitário

Antonio Pedro

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

ÁREA/ESPECIALIDADE: ODONTOLOGIA/ CIRURGIA BUCO-MAXILO-FACIAL

134

INSTRUÇÕES AO CANDIDATO

? Além deste CADERNO, você deverá ter recebido o CARTÃO destinado às respostas das 40 (quarenta) questões de múltipla escolha formuladas na prova. Caso não o tenha recebido, peça-o ao fiscal. ? Verifique se esta prova corresponde à área/especialidade para a qual você se inscreveu. ? Verifique se o número do seu documento de identificação e seu nome conferem com os que aparecem no CARTÃO DE RESPOSTAS; em caso afirmativo, assine-o e leia atentamente as instruções para seu preenchimento. ? Se este caderno ou o cartão de respostas não contiver o descrito nos itens anteriores, notifique imediatamente ao fiscal. ? Não é permitido portar ou fazer uso de aparelhos de recebimento central de mensagens (pagers), aparelho de telefonia celular, qualquer tipo de aparelho que permita intercomunicação, nem material que sirva para consulta. ? Não é permitido copiar as respostas assinaladas no cartão. ? O tempo disponível para esta prova, incluindo o preenchimento do cartão de respostas, é de quatro horas. ? Para preencher o cartão de respostas use, exclusivamente, caneta esferográfica de ponta média com tinta azul. Assinale apenas uma dentre as cinco opções de resposta apresentadas para cada questão. ? Certifique-se de ter assinado a lista de presença. ? Quando terminar, entregue ao fiscal este CADERNO DE QUESTÕES e o CARTÃO DE RESPOSTAS, que será invalidado se você não o assinar.

APÓS O AVISO PARA INÍCIO DA PROVA, VOCÊ DEVERÁ PERMANECER NO LOCAL DE REALIZAÇÃO DA MESMA POR, NO MÍNIMO, NOVENTA MINUTOS.

Hospital Universitário

Antonio Pedro

2

Hospital Universitário

Antonio Pedro

01

07

São anestésicos locais de estrutura química éster: (A) (B) (C) (D) (E)

Não é técnica de fixação maxilomandibular a fio de aço:

Mepivacaína e Prilocaina. Tetracaína e Procaína. Ropivacaína e Procaína. Articaína e Etidocaína. Lidocaína e Articaína.

(A) (B) (C) (D) (E)

02

Qual o anestésico local que tem efeito de duração longa? (A) (B) (C) (D) (E)

08

O coxin adiposo bucal consiste de um corpo principal e de quatro extensões. Marque o item que não é correto.

Lidocaína. Ropivacaína. Clorprocaína. Mepivacaína. Procaína.

(A) (B) (C) (D) (E)

03

A composição do osso lamelar é aproximadamente (A) (B) (C) (D) (E)

80% água. 92% material sólido. 25% água e 75% material sólido. 50% água e 50% sólido. 60% água.

No acesso cirúrgico supraorbitário, deve-se obedecer a quantos passos sequenciais? (A) (B) (C) (D) (E)

Na fixação rígida de fratura de colo condileo devem-se usar

(D) (E)

uma placa e quatro parafusos. uma placa e seis parafusos. duas placas com quatro parafusos cada. duas placas com dois parafusos somente. uma placacom dois parafusos.

São usados no tratamento da candidíase (A) (B) (C) (D) (E)

Na trombose do seio carvenoso também se pode usar

(D) (E)

corticoesteróide. rifocina. anti-inflamatório não esteróide somente. calor úmido. Somente antibiótico.

Segundo Proffit, associando-se o tratamento ortocirúrgico, pode-se (A) (B) (C) (D) (E)

A técnica de LEG e o parafuso de LEG são usados em

(D) (E)

Nistatina e Clotrimazol. Nistatina e Tetraciclina. Nistatina e Eritromicina. Eritromicina e Clotrimazol. Eritromicina e Nistatina.

11

06

(A) (B) (C)

6 4 5 7 8

10

05

(A) (B) (C)

Lingual posterior Pterigoídea Bucal Piterigomandibular Temporal

09

04

(A) (B) (C)

técnica de Ivy. com barra de Erich. laçada continua. goteira de Gunning. técnica de LEG.

fraturas múltiplas. fraturas biseladas. fraturas com biséis longos e estáveis. somente em fraturas cominutivas. fraturas em galho verde. 3

reposicionar a maxila 15mm para trás. reposicionar 10mm para frente. avançar a mandibula 12mm retrair a mandíbula 25mm. avançar a maxila só 2mm para frente.

Hospital Universitário

Antonio Pedro

18

A principal via de disseminação das infecções odontológicas no seio cavernoso é a

12

Assinale o tumor que não é odontogênico. (A) (B) (C) (D) (E)

Displasia fibrosa Odontomacomplexo Ameloblastoma Ceratocisto Sarcoma osteogênico

13

É espaço facial secundário:

(A) (B) (C) (D) (E)

Retrofaríngeo. Massetérico. Temporal profundo e superficial. Faríngeo lateral. Miloideu.

(A) (B) (C) (D) (E)

19

A angina de Ludwig acomete os seguintes espaços faciais: (A) (B)

14

O seio cavernoso é um dos seios da meninge

(C)

(A) (B) (C) (D) (E)

(D)

aracnóide. duramater. aracnóide duramater. somente da piamater. piamater e duramater.

(E)

Qual a estatística da distribuição anatômica das fraturas de mandíbula em toda a sua extensão? Assinale o item correto.

O que não está associado à fratura de órbita? A limitação de abertura de boca. A rinorragia. A diplopia binocular. A oftalmoplegia. A hipoftalmia e a enolftalmia.

16

Não faz parte da parede medial da

(A) (B) (C) (D) (E)

Assinale a opção que representa a causa química de lesão tecidual.

processo orbitário do osso palatino. lacrimal. esfenóide. processo frontal da maxila. lâmina orbitária do etimóide.

(A) (B) (C) (D) (E)

17

Quantos tubetes de lidocaína a 2% com adrenalina a 1:100mil poderão ser usados como anestésico local em um paciente ASA I pesando 65kg, segundo Malamed? (A) (B) (C) (D) (E)

Côndilo: 3,7% Coronóide: 26% Ângulo: 17% Sínfise: 32% Corpo: 16%

21

órbita (A) (B) (C) (D) (E)

submandibular, retrofaríngeo e submentoniano. massetérico, geniano e infraorbitário. submentoniano, sublingual e submandibular. submentoniano, submandibular e massetérico. submandibular, laterofaríngeo e submentoniano.

20

15

(A) (B) (C) (D) (E)

veia retromandibular. veia jugular interna. veia maxilar interna. veia oftálmica. plexo pterigóide.

Comprometimento do fluxo sanguíneo Frio excessivo Substância de ph não fisiológico Incisão Ressecamento

22

Marque a opção errada em relação ao que, comumente, a ansiedade provoca. (A) (B) (C) (D) (E)

5 6 7 8 9

4

Angina pectoris Insuficiência renal Choque insulínico Infarto do miocárdio Tempestade tireoidiana

Hospital Universitário

Antonio Pedro

23

Marque o item incorreto com relação à manifestação de um episódio asmático agudo moderado. (A) (B) (C) (D) (E)

29

Não é tipo de procedimento cirúrgicos para remoção de tumores dos maxilares:

Sibilo Dispnéia Taquicardia Tosse Sudorese

(A) (B) (C) (D) (E)

Não é característica clinica da Neuralgia do trigêmeo:

ressecção marginal ressecção composta ressecção total ressecção parcial ressecção endoaural somente

24

(A) (B) (C) (D) (E)

30

Qual é o teste que se faz para olhos secos na síndrome de Sjögren?

Dor por queimação ou latejante Dor paroxística severa Leve estimulação superficial provocando dor Ter zona gatilho Dor somente ao calor

25

Não há necessidade de ser evitado o seguinte medicamento em pacientes grávidas: (A) (B) (C) (D) (E)

Carbamazepina Diazepan Óxido nitroso Propoxifeno Dipirona

26

As fluoroquinolonas

(A) (B) (C) (D)

são bactericidas. não possuem largo espectro. não são tomadas só por via oral. possuem pouco ou nenhum efeito contra bactérias anaeróbicas. São solúveis em flúor.

(E)

(A)

Ausência de dor em resposta a um estímulo que normalmente caus aria dor Aumento da sensibilidade a um estímulo doloroso Dor causada por estímulo que normalmente é indolor Dor a qualquer estímulo Dor somente a estímulo por gelo

32

São condições cardíacas que podem predispor a endocardite: (A) (B) (C) (D)

a saliva. a saliva. a saliva. a saliva. a saliva.

(E)

Má formação congênita Disfunção valvular adquirida Cardiomiopatia hipertrófica Prolapso de válvula mitral com regurgitação valvular Dislipdemia

33

Lesão escura ou branca resultante da presença de leucócitos polimorfonucleares

A incidência de produção de pedras radiopacas é maior na

(D) (E)

Alodinia é:

(D) (E)

28

(A) (B) (C)

31

(C)

A glândula submandibular produz diariamente 60% de toda 70% de toda 25% de toda 30% de toda 40% de toda

Teste de Row Teste de Snider Teste de Stensen Teste de Schimer Teste de Rivinus

(B)

27

(A) (B) (C) (D) (E)

(A) (B) (C) (D) (E)

(A) (B) (C) (D) (E)

glândula submandibular 80%. glândula parótida 30%. 50% na parótida e 50% na submandibular. glândulas labiais glândulas sublinguais

5

Mácula Pústula Erosão Pápula Escama

Hospital Universitário

Antonio Pedro

34

A impactação distoangular com relação de classe III com o ramo e profundidade classe C é: (A) (B) (C) (D) (E)

39

A impactação mesioangular é geralmente: (A) (B) (C)

Difícil de remover Devemos remover somente com osteotomia Sempre de fácil remoção Não há indicação de remoção Depende do paciente

(D) (E)

Distante do 2º molar Próxima ao 2º molar Próxima ao 2º molar mais a coroa para o ângulo mandibular Próxima ao 2º molar mas para vestibular Próxima ao 2º molar mas lingualmente

35

Num acidente cirúrgico como abrasão do lábio por instrumento rotatório devemos manter a ferida: (A) (B) (C) (D) (E)

40

Se há uma fratura de mandíbula na área do 3º molar impactado o dente pode ser:

Coberta com corticosteróide Somente lavar com soro fisiológico frequentemente Coberta com antiinflamatório não esteróide Untar o lábio com vaselina Cobrir com pomada antibiótica

(A) (B) (C) (D) (E)

36

São prevenções de lesão ao nervo em cirurgia bucal (A) (B) (C) (D) (E)

Ter conhecimento da anatomia do nervo na área cirúrgica Evitar excesso de anestésico Evitar incisões ou afetar o periósteo na área do nervo Não usar derivados de cefalotina Não usar instrumentos rotatório

37

Em extrações múltiplas sequenciais os dentes superiores devem ser extraídos: (A) (B) (C) (D) (E)

Primeiramente Depois dos inferiores Intercalados Não faz diferença Sempre os inferiores primeiros

38

O germe do 3º molar pode ser radiograficamente visualizado a que idade? (A) (B) (C) (D) (E)

Aos 12 anos de idade Aos 8 anos de idade Aos 6 anos de idade Aos 4 anos de idade Aos 5 anos de idade

6

Mantido Removido Removido antes da redução da fratura Indiferente Nunca remover

Hospital Universitário

Antonio Pedro

7